Foto: Assessoria de Imprensa
27/10/2017 08:18
ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL CONSTRÓI FAIXAS ELEVADAS NO CENTRO DA CIDADE

A Avenida Brasil, uma das principais vias da Cidade, recebeu nesta Semana 04 faixas elevadas de pedestre, construídas pelo Departamento de Obras da Prefeitura Municipal, que visa aumentar os dispositivos de redução de velocidade de veículos automotores.

Sem custos adicionais para a máquina pública e contando com mão-de-obra, material e maquinário do Departamento de Obras, a faixa de pedestre elevada, que é que uma lombada mais larga na qual a sinalização horizontal é feita sobre essa elevação, foi feita em pontos estratégicos da Avenida Brasil, totalmente reforçadas com ferros e levaram aproximadamente 47 sacas de cimento por faixa, afirma o Secretário Municipal Dair Duarte. Segundo o Secretário ainda serão construídas mais 04 faixas na próxima semana.

"FAIXA DE TRAVESSIA ELEVADA"

Texto Técnico: Wanderlan Backer Rodrigues - Engenheiro Municipal 

O inciso IV do artigo 3º da Resolução n. 495/14 ainda reforça o seguinte: as alturas se equivalem apenas se a calçada tiver até 15 cm; se for superior a isto, deve ser feito o rebaixamento da calçada, conforme Norma da ABNT n. 9050); e 2º) somente há sentido em se estabelecer a faixa elevada onde a velocidade dos veículos for baixa (o artigo 4º estabelece a necessidade de que a velocidade máxima no local de implantação seja de 40 km/h, por suas características naturais, ou por medidas para redução de velocidade).

Podemos considerar alguns aspectos importantes que levam as diretorias de trânsito a optar pela medida:

  • Melhora as condições de acessibilidade e segurança dos pedestres nas vias públicas;
  • Amplia a visibilidades da travessia dos pedestres;
  • Reduz a velocidade dos automóveis.

Assim, não se trata de “lombadas”, tem muito mais a ver com a segurança do pedestre do que com a do motorista.  Por isso mesmo, a proposta é que essa faixa elevada esteja mais nivelada com as calçadas.

Quem caminha pela faixa elevada, no entanto, precisa continuar bastante atento ao atravessar a rua, continuar olhando para os dois lados e se certificar de que está sendo visto pelos motoristas.

Sabemos que nessas faixas, sejam elas elevadas ou não, não é permitido ao motorista estacionar ou sequer parar.

Faz parte do Art. 181 do Código de Trânsito Brasileiro e quem não respeita a norma é penalizado com 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A maior vantagem dessas faixas elevadas é que além de obrigar a redução de velocidade, também auxiliam na travessia dos pedestres oferecendo uma passagem no mesmo nível da calçada, garantem mais facilidade para a passagem dos pedestres e também de quem tem necessidades especiais, como cadeirantes ou mesmo idosos. “Para quem precisa de um auxílio para se locomover é a melhor coisa que tem porque a pessoas não precisa fazer tanto esforço para atravessar, completa o Engenheiro Wanderlan Becker.

Texto/Fonte: